Figuras, figurinhas e figurões

Mourinho

Podemos gostar ou não gostar do estilo “eu contra o mundo” do Special One, mas a verdade é que a sua carreira é predominantemente feita de grandes vitórias, em grandes clubes, sempre com um traço pessoal muito vincado.

Diz ele, agora que Madrid ficou para trás, que o Chelsea e o Inter foram os seus dois clubes favoritos. Ter-lhe-ia ficado bem não “ferrar a mão que lhe deu de comer”- afinal, quem era José Mourinho antes do período em que orientou o FCP?

Para mim, o grande feito dele foi vencer a Champions com uma equipa portuguesa, com jogadores portugueses e estrangeiros mas feitos em “Portugal” (Alenitchev era o único com um percurso internacional assinalável). Não sei se isto será possível na próxima década.

Bruno de Carvalho

“Que os outros se habituem às derrotas!” terá dito o empertigado líder dos calimeros. Percebo a euforia de ganhar alguma coisa frente a uma equipa do FCP, mas conviria ter um bocadinho mais de noção do ridículo, tendo em conta que foi “apenas” a final da taça em andebol e o sétimo lugar na liga portuguesa de futebol ainda está “fresco”. Além do mais, existe quem de facto não se habitue, nem se deixe abater e quem por força da regularidade dos seus (maus) resultados não tenha outro remédio…

Sabemos que lhe dói muito o negócio do Moutinho, que no próximo ano jogarão para ficar no primeiro terço da tabela e que o futuro é tudo menos risonho. Mas tentar inventar um papão para fortalecer a imagem interna é um jogo perigoso – bastarão 2 ou 3 resultados menos bons no arranque da próxima temporada e o arrufo contra o PdC e o FCP de nada lhe servirão.

Se o Bruma valesse metade daquilo que a imprensa apregoa, a melhor coisa que o Pinto poderia fazer para calar este triste era oferecer-lhe um contrato irrecusável.

Reinaldo Ventura

Depois das cenas tristes no final do FCP-SLB em juvenis, o nosso capitão mostrou que é preciso saber vencer e é preciso saber perder: foi o primeiro a felicitar os adversários e a equipa não amuou, permanecendo em campo enquanto os benfiquistas recebiam o troféu e comemoravam. Mesmo para quem não vive de vitórias morais, este foi um “triunfo” importante para o nosso clube.

7 thoughts on “Figuras, figurinhas e figurões

  1. Excelente post.

    Mourinho.

    Mal agradecido. Fez um trabalho muito meritório no FCP é certo. Mas foi o nosso clube e a sua estrutura que lhe catapultaram a carreira e que lhe permitirem ser posteriormente um treinador de sucesso. Faz o que pode para não falar no FCP, só o fazendo para puxar dos seus próprios galões e quando interessa. Fez o jeito ao Jorge Mendes e ao Vieira quando de pronunciou na campanha a favor do Orelhas. Sabe, por experiência própria, que estar colado ao FCP não lhe traz boa imprensa. Lembram-se dos horrores que se escreviam sobre ele antes de emigrar? Pois… é um hipócrita num país de hipócritas. É o melhor treinador português de todos os tempos. Contudo, pelas atitudes que tem tomado, não lhe desejo nada de bom. Irá dar-me um certo gozo em vê-lo a somar insucessos doravante.

    Bruno de Carvalho

    Como presidente do SCP até estará a tomar boas medidas. Depois de bater no fundo só se pode subir. Para se afirmar adoptou a estratégia guerrilheira à Vale e Azevedo. Umas bocas, umas provocações, os jornais gostam, os adeptos rejubilam. Bom sinal. Quando deixarem de o fazer é sintoma que não estamos a ganhar nada e não incomodamos. O PC e o FCP só têm de o deixar a falar sozinho. Não lhe dar qualquer importância. Tanta fanfarra pela Taça no Andebol, quando nós somos os campeões nacionais, só mostra a pequenez dessa gente. O SCP não tem hipóteses de competir pelo campeonato com o Benfica e com o Porto durante muitos anos. Preocupemos-nos com o Braga e com o Paços de Ferreira.

    Reinaldo Ventura

    Esteve muito bem ao devolver os cumprimentos que os hoquistas do SLB nos deram quando fomos campeões nacionais. Esta final, pela atitude nojenta, de um clube dirigido por pessoas execráveis (Rui Gomes da Silva, João Gabriel…) não podia ter sido ganha na nossa casa. Pelos profissionais e atletas do Benfica, tudo bem, mas saber que esses energúmenos tiveram um vislumbre de satisfação à nossa custa, mesmo sendo no hóquei indispõe-me.O kelvin, o Chelsea e o Guimarães deram-nos uma época de sonho. Eles mamaram melões em catadupa, nós lá levamos com uma meloazita mirradinha. Sejam todas as épocas assim.

    Gostar

  2. Em relação a Mourinho, é obvio que se fabricou no FCP.
    Ainda estou lembrados da ansiedade dos vermelhuscos em ter Toni (pois pensavam que ele trazia titulos no bolso) e por conseguinte em despachar Mourinho? Entre despacho de garrafões, vilarinho fez-lhes a vontade e despachou tambem Mourinho.
    Posteriormente, tiveram que enfiar a maior carapuça que talvez o treinador criou ate hoje. Rejeitarem o special one e não serem sequer salvos pelo messias Toni.
    Quanto ao Real foi sempre um clube de caprichos e gente caprichosa, e isto já vem de longe, desde o tempo de Figo e da desastrada passagem de Queirós, que talvez mostrou pela primeira vez o que valia como treinador principal, zero.
    Desde então, as coisas melhoraram, mas não muito. Continuam a haver bella donnas, intocáveis, viagens a Milão e outras partes do mundo para satisfazer a maquina de marketing, e o trabalho, treinos e tudo para que realmente são pagos é relegado para segundo plano.
    Mourinho conseguiu conter parte desde cancro cronico, mas não muito.

    Bruno de Carvalho
    Deve ter pensado que o problema do seu antecessor era ter ido para a cama com o presidente do Porto, e desde logo, para satisfazer as habituais clientelas de aferroados que existem nos rivais do fcp, criou um problema a si próprio, onde antes não havia nenhum.
    É apenas uma questão de tempo ate o FCP e o Sporting voltarem ao estado normal de relações cortadas, como tanto essas clientelas gostam, talvez por pensarem que obtiveram algum tipo de vitoria moral ou psicológica.

    Gostar

  3. Não me admirava se Bruma e/ou Patrício recebessem uma proposta do FCP nos próximos dias. É que, se não há relações com os calimeros….

    É óbvio que esta reacção exagerada do presidente do SCP é um acto de propaganda interna, que visa granjear simpatias junto do vector de poder Juve Leo. Mas, tendo em conta as prerrogativas negociais do SCP actualmente, a jogada foi bronca e pode acarretar consequências nefastas.

    Por outro lado, estamos aqui a comentar um arrufo com o presidente do 7º classificado. Pinto da Costa e o Caldeira deviam ter juízo naquela moleirinha e não se exporem por estes nadas.

    Gostar

  4. O Sporting já não é a merda que vocês faziam e aconteciam. Democraticamente foi eleito um presidente que defende o clube. Arranjem outro Mano Menezes. Se vocês querem o Bruma levem-no. Também levaram o Diogo Viana e ninguém mais se lembra dele.

    Gostar

  5. E mesmo que levem o Patrício duvido que o Paulo Bento seja o Carlos Queiroz e aceite convocar e desconvocar jogadores em função dos interesses financeiros de alguns. Como escrevi antes… arranjem outro Mano Menezes pra valorizar o vosso lixo!

    Gostar

  6. Certo. Enganado em relação a Mano Menezes, enganado em relação a “lixo” e enganado em relação a “o SCP já não é a merda”. Paulo Fonseca, as recentes vendas de jogadores e o 7º lugar do SCP são a prova disso.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s