Uma réstia de utopia

Nos momentos que antecediam o jogo da Luz, ontem, o comentador da Antena 1, Joaquim Rita, dizia com toda a propriedade que lhe assiste que o Benfica é “avassaladoramente superior ao Estoril“, concluindo com a já mais que certa vitória dos coisinhos naquele jogo. Sobre as contas do campeonato, referia-se aos adeptos portistas como ainda tendo “uma réstia de esperança, ou melhor, uma réstia de utopia“. Eu juro que, naquele momento, desejei partir-lhe a tromba, mas depois pensei que era capaz de ficar um bocado “à desamão”, até porque tinha o meu amigo poncio à espera para vermos o Estoril dar-nos uma alegria. Joaquim Rita é o comentador poético por excelência. Uma frase sua tem de incluir duas metáforas, uma comparação, três sinédoques e, quiçá, um pleonasmo intencional. Uma espécie de Manuel Machado dos comentadores desportistas. Esta “réstia de utopia” é muito bonita, mas, no fundo, envia a mensagem a todos nós, adeptos do campeão nacional, de que para o ano há mais, ideia, aliás, que a comunicação social vermelha veio a desenvolver durante toda a semana pós-jogo dos coisinhos na Madeira. O jornal oficioso do Benfica tinha, na terça-feira, uma manchete vergonhosa em que antecipava já a conquista do campeonato pelos vermelhos, caso o FC Porto perdesse com o Nacional. Acrescentava, ainda, que bastava aos coisinhos vencerem o Estoril e o Moreirense, independentemente “do que acontecer no Dragão“, para serem campeões. Obviamente que se deixaram inebriar pelos festejos dos jogadores, ainda no campo, após o jogo com o Marítimo. Obviamente que querem todos puxar para o mesmo lado. Agora, fazem contas à vida e olham com terror para aquela eventualidade de, por um mero golpe de teatro, o FC Porto de Vítor Pereira ainda chegar ao TRI. Eu acho que é possível, mas ainda estou pessimista. Se encontrarmos os galgos que correram durante 90 minutos contra os turcos, será muito complicado. Se, porém, jogarmos contra aqueles onze que, contra o Estoril, se arrastaram em campo, acho que temos hipóteses. Uma coisa é certa: depois de tudo o que aconteceu neste campeonato, acho que o FC Porto merece a oportunidade de provar, em campo, que é melhor e que lhe assenta bem o título de campeão.

18 thoughts on “Uma réstia de utopia

  1. Também estou pessimista. Disse a amigos meus que mesmo que o benfas perdesse pontos (Marítimo, principalmente), era bem capaz de ir ao Dragão e vir de lá com o resultado que mais lhe conviesse.

    É provável que encontremos os mesmo galgos que jogaram contra os turcos. A humilhação de perder o campeonato seria enorme e eles não iriam permitir isso… depois para compensar pode ser que o Chelsea lhes dê meia dúzia, porque na final da Uefa, deve haver controlo….

    Gostar

  2. A vida é assim; já estávamos mais preparados para aceitar e agora até há quem tenha medo de vir a ser feliz, como o estranhamente denominado “Penta”dragão…
    Mas, uma coisa é certa: amanhã serei portista no matter what!
    Claro, mais feliz se demonstrarmos que somos melhores lá dentro do campo!

    Gostar

  3. fodasse pentadragão e Guardabel, vão agoirar pa outro lado, querem falar mal ou ser pessimistas, sejam-no na casa de banho,fds, não quero ouvir comentários desses, sinceramente não servem para nada, vamos ganhar no Dragão, não há dúvidas sobre isso, não só os jogadores do Benfica estão cansados, como não aguentam o Porto e o Chelsea juntos, eles não vão estar no Dragão, vão estar a pensar no Estoril e no Chelsea, a hecatombe foi demasiada para eles, até o Jesus já está a dar moral, isto vai ser de rir e chorar por mais, o que interessa que eles venham como quando jogaram contra os turcos, primeiro não estão em casa, não têm o apoio que tiveram contra os turcos, não têm a energia, o FCP não é o Fenerbache, e se o Porto jogar como nos primeiros 20 minutos contra o Nacional na Madeira podemos bem repetir o 5-0 de à dois anos, sinceramente já ficava feliz com o 4-0, estou um bocado apreensivo com o Pedro Proença vir apitar no Dragão(suspeito que queira empatar o jogo a boa moda dele) mas mesmo assim vamos golear e vamos mostrar que merecemos o campeonato mais do que o Benfica, exactamente pelos comentários que referiste Guardabel, eles que metam a utopia no cú, Pentadragão sinceramente pessimista numa hora destas? és portista ou adepto de outro clube?

    Gostar

  4. Acho que é mais “uma réstia de dignidade”.
    De Vítor Pereira sair do Porto com alguma dignidade depois de todo o circo que fez esta época. Depois de algumas duvidas, acredito que ele não seja treinador de futebol.
    Claro que deve promover um churrasco de gaivotas no Sábado, com 101% de pressão psicológica.
    Por outro lado talvez seja uma réstia de utopia…do SLB fazer dobradinhas ou triplicados.
    Isto claro se o Chelsea e Guimarães não forem devidamente roubados.
    É de um tesourinho deprimente reviver o passado, nas taças ganhas há 50 anos…todos os anos. Parece que os gaivotas gostam de torturar os adversários com historinhas do tempo dos avós.

    Gostar

  5. vendo paralelos, bolas de golf, very lights, visores nocturnos com adaptador de corrimão de viaduto

    é desta que morre alguém

    pidá foge da prisão para molhar a sopa

    já é patológico os ódios pessoais, agora é o Rita, antes o Jasus, o Record… ddaassee, essa merda dá muito trabalho

    dois reparos á tua prosa; esqueceste o saudoso Gabriel Alves
    e no fim…essa do merecer…ddaassee!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  6. Gostei muito de ver o resumo que a Sic Notícias fez do jogo entre SLB e Estoril. Especialmente da interpretação da imagem relativa ao fora-de-jogo mal tirado a um avançado do Estoil durante a 1ª parte, que tinha a baliza aberta para um golo mais que certo. Ora, com a imagem congelada, o editor da coisa, em vez de colocar a linha de guia coincidente com o pé mais atrasado do último defesa, po-la passando entre as suas pernas, que até estavam bem afastadas, numa ridícula tentativa de justificar a decisão do lance e branquear o facto de ter sido o Estoril francamente prejudicado.

    Gostar

  7. Sou benfiquista, e acho que, pela primeira vez desde que me lembro, nestes meus 27 anos, o campeonato será bem entregue, ganhe quem ganhar! Independentemente disso, acho que os senhores jogadores do meu clube, se o perderem, terão uma das lições da sua vida. Festejar a conquista do título, no fim do jogo com o Marítimo, quando ainda faltavam pelo menos 4 pontos para o garantir matematicamente?!?! Disseram-me alguns: “ah, não, eles celebraram assim porque o jogo foi tirado a ferros, com sorte, auto-golo e mais pardais ao ninho…”
    Bullshit! Celebraram assim porque quiseram colocar ao ombro as faixas que podem muito bem acabar no ombro do adversário. Que enorme falta de presença de espírito…

    Seja como for, embora queira, obviamente, que o SLB ganhe, nunca pensei ver um FCP-SLB com esta sensação plenamente desportivista que me invade… as duas equipas estão lado a lado, e no fim haverá justiça, no matter what…sujinho, limpinho, asseadinho, badalhoquinho…whatever… (claro que confesso que o facto de o Benfica poder conquistar mais dois troféus este ano retira a carga que este jogo teria, se fosse realmente de TUDO ou NADA)

    Resta-me dar os parabéns aos autores do blog, aos quais já não é a primeira vez que digo que fazem o único blog que sigo há anos, porque me revejo na paixão por um clube, mesmo que não o meu, na clarividência/inteligência com que o fazem e, sobretudo, no facto de escreverem MUITO BEM a nossa lingua. São tantos os milhões de pessoas a maltratarem o português que quando vemos quem faça o contrário, há que louvar!

    Saudações desportistas, e boa sorte para amanhã (e pra mim também, já agora…) 😉

    Gostar

  8. Guilha, é sempre complicado para nós quando aparece aqui um benfiquista inteligente. Não estamos habituados e ficamos sem jeito. E perguntamo-nos: “o que estaremos a fazer de errado”?

    Obviamente que, amanhã, que ganhe o melhor. Se for o FC Porto, será inteiramente justo. Se for o Benfica, será uma roubalheira.

    Obrigado pela palavras simpáticas. 🙂

    Gostar

  9. Na na…sou muito benfiquista, vermelho-e-branco all the way…

    Simplesmente não me revejo nos “Ruis Gomes Da Silva” desta vida, sei pensar pela minha cabeça. Isso não afecta o benfiquismo…

    Para além disso, sendo lisboeta, adoro a cidade onde habita o FCP e tenho alguns grandes amigos portistas. Pronto, talvez seja eu a definição de benfiquista doente, se invertermos as regras do clubismo.

    Olhem…saúdinha é que é preciso!

    Gostar

  10. viva o Guilha, um exemplo de desportivismo, embora use demasiado o uátéver
    subscrevo as mm palavras de acompanhamento deste blog de gente fixe, sou sportinguista desde pequenino, cada um às suas
    claro que o azulado/atrasado tinha que mandar um bitaite, ddaasse, porque no te calas?!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s