Pobre rima

Já lá vão quinze dias desde que Luisão derrubou um árbitro alemão com um encontrão e ainda não houve sanção.

Anúncios

6 thoughts on “Pobre rima

  1. Mau início de época, eleições próximas, opções recentes e passadas do treinador contestadas por adeptos e comunicação social em geral, investimento chorudo, Melgarejo, passivo em crescimento galopante. Que acontece à segunda jornada?

    1) Na antevisão do jogo, o presidente do Vitória de Setúbal afirma aos jornalistas ser o Benfica “o abono de família” do seu clube. Todo o universo benfiquista achou perfeitamente natural, o momento e a pertinência triviais.

    2) Aos 8 minutos, Eurípedes Amoreirinha (um ex-jogador do Benfica, também formado nesse clube) faz uma falta cirurgicamente no limite do cartão vermelho, permitindo uma expulsão prematura, sem arriscar uma lesão grave do colega adversário.

    3) A “lata” da goleada é aberta com um golo em fora-de-jogo claríssimo, em que Melgarejo está acampado bem à frente do último defesa, na sua faixa. A partir daqui, a Verdade Desportiva estava garantida e a equipa de arbitragem tirou o pé do acelerador.

    4) Um jogador do Benfica agrediu um árbitro e anda para aí, espalhando o seu charme girafeiro pelos relvados nacionais. Se eu fosse o João Pinto, pedia uma indemnização, com juros, à FIFA por tratamento diferenciado.

    Uma pergunta da semana, à Rui “Óleo Fula” Santos: Caso estes factos tivessem ocorrido antes e durante um jogo do FCP, que se diria por aí à boca cheia na comunicação social?

    Gostar

  2. já lá vão quinze anos que o jorge costa quase matou o weah, e nos 180 minutos, só levou uma cabeçada no balneário, nem uma cartolinazita
    realmente falando de centrais do fecepe…ddaassee!!!o coito, geraldão, mais o caxineiro que não era central, mas que em porradaria estava sempre no centro
    o que não invalida o luisinho, que devia ir para o tarrafal
    lembras te do vosso mui desejado Scolari/central sérvio?

    Gostar

  3. Inuite, nada do que citas é comparável com dar uma cacetada num árbitro, que o leva ao hospital. Não percebo a tua última pergunta, mas também escreves como se estivesses no recobro de uma lobotomia e não deve ser para entender.

    Dass.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s