Bloqueio é no basquete: SLB usa obstrução

A conversa em torno do recorrente uso de obstruções aos defensores contrários por parte do SLB pode soar a mera conversa fiada de mau perdedor. Porém, os responsáveis do FCP, conhecendo a situação, não se limitaram a reagir à derrota na Luz aludindo a esta esperteza saloia do homem da chicla – tê-lo-ão feito antes do jogo.

Como já disse, o SLB venceu o jogo porque quis mais e empenhou-se mais, quando, em contrapartida, os nossos jogaram na expectativa e cometeram mais erros. Em suma, quanto a mim a vitória deles foi justa, ainda que justiça e resultados de jogos de futebol não sejam coisas tão afins quanto isso.

Porém, o caso dos bloqueios/obstruções que JJ afirmou categoricamente não adoptar como prática corrente e nem sequer treinar para o efeito, ganhou outros contornos quando surgiram vários jogadores que foram treinados pelo estratega da Chicla noutros clubes a confirmar a insistência deste naquele tipo de situações e sublinhando que, não sendo o único com quem treinaram aquele tipo de jogada, Jesus era o treinador que lhe atribuía maior importância e que mais insistia nisso. Alguns, como Luís Filipe, nem sequer conheciam a marosca antes de serem treinados pelo dito mentiroso.

Na verdade, o que está em causa não é o joga da Taça da Liga. O que está verdadeiramente em discussão é o facto de uma habilidade táctica, manifestamente ilegal e falseadora da verdade desportiva que os “coisinhos” tanto gostam de apregoar e alegadamente defender, ter vindo a ser posta em prática em vários jogos do SLB sem que tenha sido punida – depois vai-se dizendo que o Benfica tira partido das “bolas paradas” porque estas são objecto de estudo, ou seja, transforma-se um comportamento à margem das leis numa vantagem competitiva decorrente do superior trabalho e afincado estudo do mestre da táctica vermelhusca.

Existe quem ache piada a estas espertezas saloias da personagem que treina o Benfica, quem entenda que isto é coisa de homem profundamente conhecedor do futebol ou até, na versão mais generosa, que ele é fino e os outros são uns nabos. A esses eu digo que terei vergonha de ser portista se este parolo batoteiro e mentiroso alguma vez vier a ser treinador do Porto. No limite, até prefiro um totó como o Vítor Pereira.

8 thoughts on “Bloqueio é no basquete: SLB usa obstrução

  1. Pôncio, a tua última frase é assassina.
    E, no entanto, partilho dessa opinião.
    Se este azeiteiro alguma vez treinar o meu clube, eu juro, mas juro por tudo o que me é sagrado, que não verei um único jogo do meu clube, nem ao vivo nem na televisão.
    As parvoíces que saiem daquela boca, o arruaceirismo, a pancadaria em jogadores adversários, a soberba e vaidade sem limites, o desrespeito pelas regras do jogo (aquelas linhas junto ao banco? Eh pá, isso é prós outros! Eu posso ir até à baliza se me apetecer) causam-me nauseas. Só de pensar neste animal a treinar o meu clube, então, fico de cama.

    Um milhão de vezes o VP. Pelo menos fala algo minimamente parecido com Português (bom, às vezes), mantém a boca fechada quando mastiga e penteia-se.
    Resumindo: é minimamente parecido com um ser humano.

    Em contrapartida, Jesus no Benfica, parece aquele casamento feito no céu. Merda e Bosta que foram feitos um para o outro. Se lhes juntarmos o labrego do presidente e o parolo do Rui Costa, temos a maior plêiade de pop-trolhismo de que há memória.
    E já nem falo de figurões da estirpe de um Vilarinho ou de um Vale e Azevedo, porque esses pertencem a outra galáxia.

    Gostar

  2. caríssimo pôncio, ando há uma data d tempo a chamar à atenção d com quem falo d futebol para esta palhaçada desses coisinhos, qd no jogo do campeonato ouvi o mariconço freitas lobo a enaltecer a forma como os galináceos obtiveram o 2º golo c uma jogada estudada, estando o alien luisao em fora de jogo d posição para depois nem s fazer ao lance mas sim impedir q os defesas do porto chegassem à bola, saltou-m a tampa. então esta merda é genial segundo ele, está em fora d jogo d posição e faz obstrução, logo, faz 2 faltas, mas mm assim é genial. é a festa do costume, ai s fossemos nós…
    e eu tb teria mta, mm mta vergonha d vir a ter essa besta da chicla como treinador, seria bater no fundo.

    Gostar

  3. O Título diz tudo! Não é bloqueio é obstrução!

    É incrível como nesta questão querem transformar uma intrujice numa acto de inteligência do Jasus.

    PS: cheguei pelo excelente Tomo II e, mesmo sendo de outra cor clubística, gostei das postas de pescada aqui aviadas 🙂

    PPS: Pôncio (tinha um amigo da Régua que conhecia o verdadeiro), espero que não te importes de colocar aqui um link do meu blog, acho que o pessoal vai gostar: http://bancadadeimprensa.blogspot.pt/2012/03/retambana-benfiquista.html

    Gostar

  4. Aquela história da professora que força os alunas a cantar uma musiquinha “Atirei o pau ao gato, batata frita e viva o Benficáááá!” é sintomática do nacional-azeiteirismo Benfiquista que teima em não nos deixar entrar no sec. XXI.

    Até porque toda a gente sabe que tendo em conta os últimos anos, a música mais correcta seria “Enterrei o pau no Benfica…”

    Gostar

  5. Ribeiro DeepBlue, o que já me ri com os teus Comentários, pá.

    E o azeiteiro do Jesus que diz que todo e qualquer jogador que ele treina tem potencial para ser um grande treinador.

    Fod@çe!

    [http://bancadadeimprensa.blogspot.pt/2012/03/hora-da-verdade-totobola-jornada-24.html]

    Gostar

  6. Basta relembrar o lance em que o Jesus pede obstinadamente ao guarda-redes para se deitar ao chão e perder tempo no jogo com o Sporting, para perceber o cinismo do clube que supostamente apregoa a “verdade desportiva”. Objectivamente acho o trabalho do Jesus no Benfica meritório, não tanto campeonato do túnel, mas pela valorização de activos que conseguiu fazer no plantel. Veja-se o caso do parolo das Caxinas que não era nada e se fez jogador com o Jesus. No respeitante à personalidade do treinador, plenamente de acordo com o Ribeiro. Não deixaria de ver os jogos do Porto, é uma obrigação doutrinária à qual não posso fugir, mas seria um profundo desgosto que alguém com aquele perfil treinasse o nosso clube. Aos nomes mencionados junto o Taliban do Dia Seguinte e o sebento acéfalo do Cervan. Pessoas execráveis, verborrentas, mal educadas, jhiadistas acéfalos prontos para execer a sua torpe influência de ódio e maledicência sempre que abrem a boca. A professora da madrassa da Ericeira é uma mera aprendiz se comparada com essas figuras.

    Gostar

  7. Depois das afirmações do Jasus (após o lance do “AiPorra, que foi sem querer, tava de olhos fechados!”), penso que a Grécia acaba de ser destronada do primeiro lugar de principal produtor mundial de azeite.
    Mais um prego para mandar ao fundo aquele solarengo país.
    Não se faz…

    Atirei o pau ao gato, batata frita (em azeite) e viva…o coijo!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s