São pedras, senhor, são pedras

Antes de mais quero dizer que a emboscada, o ataque, a esperinha, a cilada, a investida bárbara de que foi alvo o autocarro do segundo-classificado-a-13 pontos foi um acto cobarde e é preciso identificar e levar à justiça os perpetradores desse acto condenável. Desde já estão ilibados os adeptos do FC Porto uma vez que não há notícias de bolas de golfe envolvidas do ataque. Pedras não é o nosso modus operandi. Há quem assegure que os responsáveis são os próprios adeptos do Benfica, furiosos com o maneira como Jorge Jesus geriu o campeonato, de modo a assistir, em pleno Estádio da Luz, à consagração do novo campeão. Também não acho. Não estou a ver os benfiquistas a recorrer ao calhau. Eles é mais artefactos piroténicos e bastões.
A coisa aconteceu, pelo que já li, no único viaduto que não estava controlado pela GNR, o que levanta desde já a suspeita sobre o envolvimento de André Villas-Boas no caso (isto se ele tiver um primo que é GNR em Paços de Ferreira), avisando os malfeitores de que aquele biaduto estava libre.
As primeiras notícias deram conta de ferimentos de Luis Filipe Vieira numa mão, provocados pelos estilhaços, tendo sido assistido prontamente pela equipa médica do clube. É sempre bom ter médicos à mão quando nos acontece alguma coisa. Rui Gomes da Silva não teve tanta sorte naquele ataque que o desfigurou por completo (ou ele é mesmo assim?).
Voltando a LFV, as imagens dos danos no carro não mostram quaisquer estilhaços, uma vez que o vidro, apesar de danificado, não se partiu em bocadinhos. A confusão foi ainda maior quando se noticiou que o alvo era o autocarro do Benfica, mas depois já era o presidente do clube, mas depois já as pedras tinham batido no tejadilho do autocarro e resvalado para o carro onde ia o presidente. É bem feito. Se não tivesse transgredido o código da estrada, teria guardado a distância de segurança para o veículo da frente e passaria por cima das pedras. Que não se repita para a próxima.
Anúncios

9 thoughts on “São pedras, senhor, são pedras

  1. Guarda,
    pergunta em Alcochete se eles não percebem de pedras.
    Estes rapazes são renascentistas e multi-facetados: ele é pedras, ele é tacos de baseball, ele é very-lights…

    Agora quanto ao tema em si, se houve pedras na autoestrada, estou-me a borrifar para o assunto, isso é assunto de polícia. Que prendam os autores, como prenderam o ano passado os que atiraram pedras na A5 (ai, não prenderam?! Então peço desculpa), como prenderam os autores da tentativa de agressão ao Pinto da Costa em frente ao Altis (Ai também não prenderam?!! Erro meu, peço desculpa novamente) ou como levaram a julgamento os tipos que incendiaram um autocarro (Ai não foram julgados?! Estava mal informado, mais uma vez, as minhas desculpas).

    Mas como diziam, eu borrifo-me para isso pois como dizia o saudoso Vale e Azevedo (aquele que era apoiado fervorosamente pelo actual “Vice-presidente do Benfica para os assuntos do FCP”, Rui Gomes da Silva nos Donos da Bola): isso é folclore.
    O que eu quero mesmo é que me entreguem a taça de campeão nacional no Estádio da Luz, no caso de seremos campeões.
    À semelhança do que foi feito o ano passado, lembram-se?
    E este ano, nem é preciso haver duas taças.

    Gostar

  2. Sei em primeira mão que o que aconteceu foi:

    O Jesus ia à frente, no autocarro.
    O rei dos pneus ia atrás.
    Jesus abriu a boca para proferir um dos seus hilariantes discursos, mandando o tradicional pontapé na gramática.
    O pontapé na gramática acertou na cabeça do Luisão.
    A cabeça do Luisão acertou no vidro, provocando uma onda de choque.
    A onda de choque propagou-se e acertou nuns calhaus que estavam a saudar a passagem do cortejo com uns cartazes que diziam “Benfica o maióre do Mundo”, “SLB Guelurioso” e “Carolina, és grande”.
    Os calhaus acertaram no vidro do “presidente”.
    O presidente ligou ao Delgado.
    O Delgado gritou “Párem as rotativas!!!”.
    A Bola fez uma manchete bonita a apelar ao mais profundo sentimento Benfiquista (ódio ou inveja, depende dos dias).

    E pronto.

    Gostar

  3. @ Ribeiro Deep Blue

    de lágrimas a estória que (acredito) aconteceu na camionete do 5lb

    fónix! ainda estou a limpá-las. foi o melhor momento num dia que já vai longo e muito cinzento para mim…

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! 😉

    Miguel (penta1975) | Tomo I

    Gostar

  4. Já viram a conferência de imprensa do candidato a director desportivo do Sporting Clube de Beijin, Paulo Futre?

    Formado no Sporting.
    Feito homem e jogador no FCP.
    Despromovido a um clube de segunda de Espanha.
    Benfiquista de coração.
    Resultado: Esturricou a mioleira.

    Vejam, é hilariante.
    Chineses? O SCP é mesmo um pagode!

    Gostar

  5. O Sporting com os chineses, o Benfica com uns “investidores misteriosos” do Abu Dhabi (notícia inocentemente lançada no mesmo dia em que aprovaram novo empréstimo obrigacionista).

    Pergunta: A CMVM chegou a alguma conclusão sobre a famosa OPA chinesa há 3 anos que levou as acções do SLB a dispararem para os 7%
    Não?!
    E não vai chegar?…
    Não?….

    É que eu também já ouvi falar que há uns Inuites que pretendem reinvestir o dinheiro ganho com a venda de óleo de foca na SAD Sporting Clube de lisboa e “Monta-te num Porco” e quero saber se essa notícia é verdadeira pois tenho 15 acções da dita SAD que preciso de despachar, e se esse boat…hum….notícia for verdadeira, ainda consigo despachar a um bom preço.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s