Vigília pela verdade desportiva

“Irá realizar-se na próxima terça-feira, dia 23 de Fevereiro, a partir das 18 horas, uma VIGÍLIA PELA VERDADE DESPORTIVA junto à sede da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Pretende-se com esta iniciativa juntar, não apenas os adeptos do FC Porto, mas todos aqueles que pretendam manifestar, de forma pacífica e ordeira, a sua revolta pela forma como a Liga Portuguesa tem sido completamente manipulada por factores externos aos campos de futebol.

A sede da LPFP situa-se na Rua da Constituição, nº 2555, Porto.”

Retirado do Guerreiros da Invicta.

Anúncios

5 thoughts on “Vigília pela verdade desportiva

  1. O menino “do Amaral”, filho da famosa figura política Tuga que se deslocou de TGV do histórico CDS para o colo do Sr. Engenheiro, escreve hoje, no jornal que em tempos pagava 500 contos a quem dissesse mal do FCP, uma carta ao nosso Hulk reveladora das verdadeiras intenções “das papoilas saltitantes”: fazer desaparecer (de vez) do mapa de Portugal “ o jogador mais valoroso (mediático) do campeonato português”. É uma carta ofensiva e asquerosa que, em forma de tese, insinua que a culpa do decretado degredo é nossa e do próprio. “Tese”, ou melhor, “estupidez pura” que se destina a deixar alguns estragos na ala do nosso exército mais ingénua — aquela que ainda não percebeu que de futebol e de contingências isto nada contém. O que se passa é que existe uma GUERRA instalada entre invejosos antiportistas e portistas; com os segundos a balançarem entre a vitimização a revolta e a incredulidade. Ora nenhum exército ganha guerras desta forma, por isso caros Portistas, vamos todos em força para as várias frentes de batalha. Contra-atacando, ganhando e destruindo com crueldade.

    Gostar

  2. … caragos,… que a uma senhora que se honre, claro, bem não fica, mal dizer palavras feias, mas desta vez, confesso, não resisti, e magiquei de mente livre, desempoeirada como vós queriduchos, atestando alto e em bom pensamento os alhos e folhos que me ocorreram por conta desta iniciativa que pacífica e ordeiramente foi ontem a divinizar a sua sedição harmonizada em prol da verdade de-portiva!
    que biba!….eu, também por lá carreguei…

    e como me regalei!..

    tal foi a diversão! (… com ilustres e desilustres, um pouco de tudo e de todos…)
    pouco mais de meia dúzia de ociosos aconchegados em pendões e banzé, a engrandecer a indisciplina e a má criação; o que para todos, de boa crítica, é uma evidência: rapazolas, medíocres em comportamento como assim para as boas causas do desporto, foram supliciados e bem!!!… para vós, convertido em “um caso”…

    graças por isso podeis dar pois permite-vos toda esta engenhosa encenação de vitimização, padecimento e rancor….com um fim mais que evidente…!?… (abençoada agremiação que tal inspirador tem… que tais feitos paraninfa e quão visionários sequazes comporta…).

    sois campeões, tendes vindo a ser, … sem dúvida, também e sempre, das causas ínvias e dos caminhos em túnel, para chegardes, pequenos, onde a bênção do vosso papa, em surdina, vos invoca…
    parabéns e abençoados sejais!… que o empíreo atinjais!

    sempre vossa (enquanto deixardes), e do Salgueiros,

    joana

    Gostar

  3. Oh Oh Oh meu Deus Oh Oh Oh….

    o que será que uma respeitosa siñôra receia —
    quando tanta atenção dá a causa alheia.

    Tanto caractére quelicado com paixão —
    resulta porcerto d'alguma comixão.

    Numa siñôra, decerto bela,
    facilmente se amaina tal procela.

    Oh Oh Oh meu Carcavelos oh oh oh

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s