O fácil tornado difícil (ou "o filme da época")

Os guarda-redes estão lá para evitar golos, os defesas para defender e os avançados para marcar. Foi assim ontem no Dragão à excepção da parte dos defesas. Helton defendeu o penalti de Ronny e Falcao bisou. Os defesas deviam e podiam ter feito mais. Aquilo que poderia ter sido um passeio descansado, tornou-se num thriller de consequências imprevisíveis. Até que um super-herói salvou a nação azul-e-branca e fomos todos contentes para casa.

A perseguição a Helton já enjoa. Leio por essa blogosfera fora que o guarda-redes brasileiro podia ter feito mais no lance do primeiro golo do União. Há quem escreva que Helton se redimiu desse lance com a defesa no penalti. Eu gostava de saber o que é que um guarda-redes pode fazer quando a bola sofre um desvio a curta distância, estando ele já preparado para a encaixar nas mãos. Não há reflexos que salvem um guarda-redes naquela situação. Alguém afirma que ele devia ter saído da baliza na marcação do lance e ter-se antecipado ao Diego Gaúcho. E os defesas? Onde estavam eles ao permitir um cabeceamento à vontade no limite da pequena área?

Se do ponto de vista ofensivo a exibição da equipa me agradou, com dinâmica e vontade de vencer, lá atrás não fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. E mais, colocámos em causa toda a estratégia de uma equipa com um erro individual infantil, como foi no caso da falta e consequente expulsão de Fernando. Jesualdo pode ter culpas em muita coisa, mas será que lhe podemos assacar responsabilidades nestes lances?

Anúncios

15 thoughts on “O fácil tornado difícil (ou "o filme da época")

  1. Caro guarda:

    Concordo com o que escreves sobre o Helton. As culpas no primeiro golo do Leiria vão inteirinhas para os centrais do FCP. Durante todo o jogo (e toda a época), a eficácia defensia não se manteve coerente e a atitude geral dos jogadores, em situação sem posse de bola, era demasiado suave. O FCP actual é uma equipa sem personalidade a defender, não pressiona. Nos sectores mais recuados, há mesmo uma tendência para dar uns 4-5 metros de espaço aos atacantes adversários e só abordá-los quando já estão demasiado próximos da nossa área,
    e em posição de rematar ou cruzar.

    Quanto ao ataque, já não posso estar tão em sintonia contigo. Aquela gente tem que começar a fazer treinos de finalizações com a baliza aberta. Quando o Leiria ficou reduzido a 10, foi um ver se te avias de desperdiçar golos. Aliás, tem sido assim toda a época. Por outro lado, é cada vez mais claro que sem Bellushi e Varela não se pode jogar.

    Gostar

  2. O Porto desta época é demasiado permeável às vicissitudes que o futebol encerra.

    Jesualdo Ferreira demonstrou uma vez mais não confiar nas capacidades da equipa e, mesmo contra dez, quando se apanhou em vantagem no marcador, não hesitou em fazer as substituições que lhe dessem mais garantias defensivas!

    Tais medos só não resultaram em fracasso graças a uma pontinha de sorte que fez com que Helton defendesse o penalty no último minuto.

    Tal como burro velho não aprende inglês, também Jesualdo jamais aprenderá a dar a estocada final quando o adversário está no tapete.

    Nem sequer necessitamos de evocar os erros do árbitro porque esses são o pão nosso de cada jogo. Já sabemos que temos que ser dez vezes mais fortes para superar também esse factor.

    Resta-nos melhorar a qualidade do jogo, a determinação e a ambição, SEM MEDOS. O resto virá por acréscimo, como de costume.

    Um abraço

    Gostar

  3. Epa, o árbitro do jogo é simplesmente inapto. Não creio que nos tenha prejudicado mais do que ao Leiria. Meteu água por todo o lado. Por exemplo, expulsou mal o guarda-redes deles e anulou um golo limpo ao Falcão, por pretenso fora de jogo a passe de Farias.

    Gostar

  4. Creio que não foi só a falta do penalty que foi infantil. A que lhe dá direito ao primeiro amarelo também o é e infelizmente o Fernando anda a perder o sentido e oportunidade do carrinho. Fá-lo constantemente e em locais perigosos, é situação que o professor terá de rever.

    Quanto ao jogo, caro guarda. Acho que a nossa defesa não esteve assim tão mal! Simplesmente teve 2 erros que deram em golo. Já tivemos jogos bem piores no sector mais recuado.

    Gostar

  5. João Fonseca:

    O primeiro amarelo foi propositado. Foi para limpar! Assim sendo, está castigado para Coimbra, mas disponivel para o Paços. Agora neste jogo tem que se por a pau. É que na jornada seguinte vamos ao Nacional. Jogo chave rumo ao pentacampeonato…Não se admirem que volte a ser expulso contra o Paços…A seguir haverá Taça.

    Gostar

  6. o jogo foi bom, com muitos golos, o que é fundamental para a nossa liga. Quanto à defesa do FCP ter sido permeável, pois há que dar mérito ao Leiria que é uma das equipas mais consistentes fora de casa e demérito o meio-campo do Porto. Aliás, esta equipa do FCP apesar de continuar a ser – na minha opinião – a favorita a ser campeã, tem defeitos estruturais, desequilíbrios que o Jesualdo não sabe contornar. Um deles é que não defende tão bem, nem com tantos jogadores como nos anos anteriores. Com Lucho (e já agora Lisandro) corria-se muito mais atrás da bola. Falta-vos um Javi Garcia e um Ramires para compensar… bem mais eficazes e decisivos do que um Fernando e um Meireles…Aliás, tirando o Alves, o Pereira e eventualmente o Belushi não vejo ninguém no vosso plantel capaz sequer de entrar nos convocáveis do Benfica, muito menos no 11.

    Gostar

  7. Camisola 10: deixa as drogas.

    Hoje, fui cortar o cabelo e enquanto esperava fui folheando um jornal desportivo, quem tem o Benfica cativo na capa.
    No pasquim constava uma entrevista a um jogador do Rio Ave, chamado Fábio Faria, ou o diabo que o valha, já apalavrado com o clube da Luz para jogar no Benfica o ano que vem. No centro da entrevista, uma fotografia tamanho XL, em que o mancebo posava em frente ao emblema do Rio Ave, segurando uma camisola do Benfica. Relembro que Rio Ave e Benfica se defrontaram no fim-de-semana passado…

    Isto permite-se? Pode fazer-se? O Rio Ave não deveria reagir, não tem brio, orgulho, enfim, amor próprio? Nem um “press release” condenando a falta de respeito pelo emblema de Vila do Conde? Ou a sua candura, o seu baixar de calças institucional foi comprado? O Fábio não estava já apalavrado no fim-de-semana passado com o Benfica? Terá isso relação com o facto de não ter subido pela sua ala uma única vez durante os 90 minutos de jogo?

    O chocante, para mim, é o reflexo da impunidade que esta história representa. Nem o Benfica, nem o Rio Ave, nem o jogador acharam que deviam ser mais prudentes, que era melhor esconder estas porcas cumplicidades. Ao Benfica não acontece nada, nem aos seus amigos.

    Esta época, Vieira está realmente “a fazer as coisas por outro lado”…. para mim, o Benfica já perdeu o campeonato, não tem credibilidade e apalhaçou a presente época.

    Gostar

  8. Lucas:

    O teu discurso parece uma cassete copiada da do ano passado: “o FCP é o favorito, mas o seu plantel é fraquinho, ao contrário do do SLB, que é um portento.”

    A nós não nos falta um Javi Garcia ou um Ramires. A nós falta-nos um “David Luiz” que faça faltas atrás de faltas que os árbitros não marcam (muitas dentro da área).

    Falta-nos um “Saviola” que saiba cair tão bem sem que ninguém lhe toque e sem que lhe seja mostrado o amarelo que a lei exige.

    Falta-nos um “Maxi Pereira” que dê bordoada sem ser punido pelos árbitros.

    Falta-nos um “Di Maria” que se deixe cair ao mínimo sopro do defesa contrário.

    São esses jogadores que nos faltam. E também nos faltam “stewards” no túnel do Dragão. Isso é que era!

    Gostar

  9. Guardabel:
    “falta-nos um “David Luiz” que faça faltas atrás de faltas que os árbitros não marcam”? mas isso é um Bruno Alves! (ok tirando a parte de roubar tantas bolas).

    “Falta-nos um “Saviola” que saiba cair tão bem sem que ninguém lhe toque e sem que lhe seja mostrado o amarelo que a lei exige.” mas isso é um Lisandro! quando no ano passado se atirou para a piscina em pleno estádio do Dragão permitindo-vos empatar um jogo que se houvesse justiça teriam perdido limpinho…

    Quem recebe árbitros em casa não deveria falar de supostas ajudas da arbitragem a outros (ainda por cima sem razão). E quem tem guardas Abéis nos túneis também não deveria falar de Stewards.

    O campeonato está bom, competitivo e aberto. Os outros não têm culpa que tenham vendido o Lucho e o Lisandro. Ou que acreditem num Jesualdo que vem jogar à luz com um Guarin em vez de um Belushi.

    Gostar

  10. Caro Guardabel,

    Eu ia escrever algo ao camisola10 mas antecipaste-te.

    É que esse bravo rapaz jura que não é o Lucas. Eventualmente também não é a Gina Lollobrigida. Mas que tem um estilo de escrita completa e totalmente igual ao daquele saudoso comediante ( não intencionalmente, claro ), lá isso tem.

    Repare-se:
    “…Aliás, esta equipa do FCP apesar de continuar a ser – na minha opinião – a favorita a ser campeã,…”

    “Falta-vos um Javi Garcia e um Ramires para compensar… ” aqui só mudaram os nomes

    “não vejo ninguém no vosso plantel capaz sequer de entrar nos convocáveis do Benfica, muito menos no 11.”

    Então esta última frase era tão habitual no Lucas como a frase ” deixei de usar cuecas porque me apertavam os tomates ” na Leonor Pinhão.

    Mas sê bem vindo! Continua por aqui e largos momentos de diversão estão assegurados.Olharás para estas trocas de piropos e, tal como em muitos lacrimejantes filmes holywoodescos, exclamarás: ” It is like I have never left! “

    Gostar

  11. Mais brilhante do que o Lucas ou camisola 10 ou lá como se chama o gajo é o imbecil benfiquista que comenta no trio d'ataque.
    Primeiro, o segundo golo do Porto era irregular e depois, quando se analisou o lance manteve-se calado a concordar entre dentes que afinal o golo era limpinho.
    Depois, mostrou-se um pouco incomodado com o facto de PC estar a voltar em força! Ele sabe bem o que isso significa para o SLBatota…mais um deserto!
    Mas chegou a ser brilhante quando pateticamente afirmou que PC estava a fazer um alarido histérico contra o SLBatota e os roubos de catedral que tem estado a vista de toda a gente esquecendo-se que o presidente da agremiação corrupta que ele representa não tem feito outra coisa desde que chegou a presidência daquela coisa!
    Muito bem esteve o Rui Moreira que com duas 'bofatadas” bem assentes calou o homem. Contra factos não há argumentos caro “xenhor xineaxta”

    Gostar

  12. “E quem tem guardas Abéis nos túneis também não deveria falar de Stewards”

    Lucas,

    o guardabel, eu próprio, fiz um favor ao Gaspar Ramos, endireitando-lhe aquela cara assimétrica.

    Para além disso, os stewards são aos magotes no túnel da Luz. São corajosos, mas é em grupo (como o gangue do teu ex-director que foi ao aeroporto bater num gordo). Queria-os ver sozinhos, como eu estive, cara a cara com o Gaspar Ramos.

    Agora, fora de tangas: tu andas na droga, não? Então o Aimar segue o exemplo do Ilusão e pontapeia um adversário sem que o árbitro faça nada e tu vens-me falar do melhor central europeu da actualidade, o Bruno Alves? Devias ter vergonha na cara.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s